Perkons S.A | Mobilidade e Segurança no Trânsito

Condutor Saiba como realizar a limpeza e manutenção de capacetes

O capacete é um item de segurança indispensável para aqueles que trafegam de motocicleta, mas a falta de limpeza e manutenção pode transformá-lo em vilão da saúde, ocasionando doenças respiratórias e de pele, e até mesmo acidentes. De acordo com o médico e diretor da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, Dirceu Rodrigues Alves Junior, “estamos cansados de ver motociclistas com capacetes cheios de fita gomada porque sofreram algum impacto e lascaram ou racharam. Qualquer impacto que o capacete sofra, seja uma simples queda ao solo, é igual à inutilização do mesmo. Ele deixa de oferecer a proteção que se deseja, está fragilizado. É necessária a aquisição de um novo capacete”.

Quando o assunto é higiene, a indicação dos fabricantes é lavá-lo pelo menos uma vez por semana, mas a forma de limpeza varia de acordo com o modelo. Caso seja possível remover a forração, é só destacá-la e limpar com detergente neutro, para não danificar o tecido e outros materiais. Se decidir lavar na lavadora de roupas, utilize a opção ‘roupa delicada’. Mas se o forro for preso à lataria, deve-se passar um pano úmido com detergente neutro e deixar secar na sombra.

Já a parte externa do capacete deve ser encarada como a lataria de um carro, que deve passar por polimento da viseira e do casco com cera. Colocar o capacete na água pode danificar partes metálicas, não sendo indicado.

Para evitar contaminações na hora de apoiar o capacete em superfícies, é importante que a abertura esteja para cima ou para o lado e que cada passageiro tenha seu próprio capacete. Caso tenha que utilizar o de outra pessoa, como ao embarcar em um mototáxi, é indicado que o passageiro providencie uma touca protetora.



Crédito: Divulgação.

Cuidar do seu capacete é fundamental; se for utilizar de outra pessoa, providencie uma touca protetora.

Compartilhe:
« Voltar