ARTIGOS

Postura correta garante conforto e segurança

A segurança vai além dos itens veiculares: a forma como você se posiciona é fundamental
Postura-correta-garante-conforto-e-seguranca

Todos sabemos dos itens de segurança necessários para se locomover nos meios de transporte. Mas um ponto que não deve ser deixado de lado é a postura correta na hora de conduzir os veículos. Confira:

Ciclistas

Na hora de pedalar, a bicicleta deve estar ajustada para que cada parte do corpo esteja em segurança, evitando possíveis lesões. O banco, por exemplo, deve ficar na altura da crista ilíaca (osso sobressalente pouco abaixo da cintura). Ele deve sempre estar apertado, e em linha reta. O ciclista também deve ficar atento à posição do joelho, que não deve fazer um ângulo de 15 graus quando for realizar o movimento de esticar a perna, não estando nem muito estendido, nem muito flexionado.

O tronco também deve estar disposto de forma equilibrada, ou seja, sem estar totalmente ereto, mas também não muito curvado. Para saber se a sua bicicleta está bem configurada para isto, basta realizar o seguinte teste: apoie o cotovelo na ponta do selim e estique o braço. A pontinha do dedo médio deve estar alinhada, alcançando o guidom. Esta prática permitirá a correta posição do tronco.

Para fazer força no pedal, o ideal é pressionar o pé com o metatarso, ou seja, na região entre a metade da planta do pé e a ponta.

Crédito: Divulgação
Postura 1
Forçar o pedal com o metatarso é o ideal.

Confira o vídeo abaixo e aprenda dicas para encontrar a melhor postura:

Skate

Skatistas, vocês sabem o jeito certo de se posicionar em cima do skate? É importante que o peso esteja nos pés e que o corpo esteja ereto, com as pernas afastadas e flexionadas. Os cotovelos devem estar dobrados e os braços perpendiculares ao chão. 

Patins

Os joelhos devem estar dobrados, a cabeça na mesma linha dos pés, braços para frente e alternando com as pernas. O pé desliza para o lado, como se fosse uma remada, dando velocidade ao corpo. 

Motocicleta

Crédito: Agência Brasil/Tânia Rego
Postura 2
Além de prestar muita atenção no trânsito, a postura é outro dos cuidados necessários ao motociclista.

Para pilotar de maneira confortável a coluna deve estar mais reta possível e as pernas devem pressionar levemente o tanque, que já tem o formato ergonômico para facilitar o encaixe delas. Os pés devem alcançar as pedaleiras naturalmente para que o motociclista não precise desviar sua atenção do trânsito. Essa naturalidade deve se estender também para todos os comandos da moto.

Ao sentar, os braços devem estar completamente relaxados e levemente flexionados. O motociclista deverá segurar o guidom sempre com as duas mãos.

Quem vier na garupa, deve sentar o mais próximo possível do piloto, segurando-o pela cintura. O “carona” deve acompanhar os movimentos de inclinação do piloto nas curvas, colaborando com a distribuição do peso.

Automóvel

Crédito: Agência Brasil/Elza Fiúza
Postura 3
Assim como em outros veículos, quem dirige carros não tem na postura apenas um meio de conforto, mas de segurança.

Existem dicas essenciais para deixar a coluna confortável na hora de dirigir, ainda mais em longas viagens. A coluna deve permanecer totalmente apoiada. Caso o banco não conte com um ajuste para as costas, vale utilizar um rolo lombar ou uma toalha enrolada.

Os pés não devem ficar muito longe dos pedais e os joelhos devem estar levemente flexionados. Já os braços devem estar semiflexionados para não tencionar os ombros e o pescoço, enquanto que ambas as mãos devem ser usadas para segurar o volante, de uma maneira a se ter força e controle suficientes para uma total ingerência sobre o veículo. A parte cervical merece também outro cuidado especial: o encosto da cabeça deve ser mantido a 90 graus em relação ao assento para que o pescoço não seja movimentado de forma brusca para trás no caso de um impacto na traseira do carro. Sem contar que o encosto cervical deve estar acima da altura dos olhos, de modo a proteger pescoço e cabeça em caso de acidente, permitindo também uma postura confortável, evitando dores e lesões desnecessárias.

Enquanto não estiver usando a embreagem, não pise no pedal e nem mesmo apoie o pé sobre ele, mas sim no chão. Assim, você evitará um desgaste prematuro do sistema. O mesmo acontece com o câmbio, recomendando-se que não se apoie o braço no equipamento. E não se esqueça de acionar o acelerador com o pé direito, apoiando o calcanhar no chão. Tal prática evita sobrecarga nos músculos da coxa e dormência nas articulações.

Uma boa postura, portanto, não é importante apenas para a saúde, para o conforto ou para um menor desgaste das peças do carro, mas também – e principalmente – para a segurança. O cinto e o air bag, por exemplo, terão mais efeito se a postura estiver correta, conforme as dicas que deixamos aqui.

Fontes: 
Ver de bikeTerraTerraUolVias segurasZero Hora

» Confira mais dicas para dirigir o carro com conforto e em segurança

» Como dirigir com conforto

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Em meio a um cenário urbano movimentado, perigos muitas vezes invisíveis ameaçam a segurança dos pedestres: a distração causada pelo uso de fones de ouvido e celulares.
O trânsito não é feito de carros, caminhões, ônibus. Ele é feito de gente, como você!

Trânsito ideal é o trânsito mais educado!

O Trânsito Ideal é um projeto da Perkons S.A. para disseminar informações e conteúdos educativos. Confira dicas de comportamento, jogos para crianças, notícias interessantes e muito mais.

APOIAMOS