ARTIGOS

Sistema elétrico

Bateria, faróis e limpador de para-brisa.
Sistema-eletrico

A bateria ou acumulador é o componente onde a energia que o veículo necessita é acumulada, portanto, é supridora de energia elétrica. Por isso, merece alguns cuidados:
– Verifique constantemente o nível de água, completando-o quando as placas estiverem descobertas;
– Em algumas baterias é desnecessária a verificação do nível de eletrólito. A reposição de sua carga é feita pelo alternador, quando o motor está em funcionamento;
– Os conectores dos cabos devem estar bem fixados aos pólos da bateria, mantidos limpos e lubrificados com vaselina neutra.

As baterias oferecem risco de acidentes, em função dos elementos que compõem o sistema. Solicite a uma pessoa habilitada para fazer sua remoção e, ao manuseá-la, tome cuidados especiais com os olhos e lave as mãos em seguida.

Se a luz indicadora da bateria no painel acender com o motor em funcionamento, pode significar que a correia do alternador tenha rompido. Neste caso, desligue o veículo e providencie a troca antes de religá-lo.

Antes de sair com seu veículo verifique o funcionamento das luzes do painel, faróis, buzina e limpador de para-brisa. O limpador de para-brisa tem função de manter boas condições de visibilidade com mau tempo. Se as palhetas dos limpadores estiverem ressecadas, é hora de trocá-las.

As setas direcionais, lanternas dianteiras e traseiras, luzes de freios, de ré e pisca alerta são importantes para se transitar com o veículo em segurança, por isso devem sempre estar funcionando. É necessário manter os faróis bem regulados, possibilitando boa visibilidade e mais segurança.

Limpador de para-brisa – PALHETAS

Manter bem conservadas as palhetas do limpador de para-brisa é fundamental para sua segurança. Ao instalar um novo jogo de palhetas, limpe o vidro da seguinte maneira:
– Use solução de água com um pouco de álcool para limpeza do vidro. Aplique com um pano limpo. Esse procedimento ajudará na retirada das impurezas acumuladas no vidro;
– Para limpeza das borrachas (se necessário), use um pano umedecido com água limpa para retirar possíveis impurezas. Cuidado para não danificar os braços do limpador durante o processo;
– Use no reservatório de água do limpador solução de água com aditivo apropriado para limpeza. O aditivo ajuda na diminuição do atrito entre a borracha e o vidro, melhora a qualidade da limpeza e não corrói a borracha.
Não se recomenda o uso dos seguintes produtos na limpeza do para-brisas (podem comprometer o desempenho e a durabilidade das palhetas): detergentes, sabões comuns e querosene.

Troque as palhetas a cada 12 meses ou caso estejam:
– ressecadas (deixam riscos ou faixas no vidro, quando acionado o limpador);
– há folgas no mecanismo (ocorre trepidação quando o limpador é utilizado);
– borracha deformada (uma “névoa” é formada no vidro);
– borracha rasgada ou ressecada (algumas áreas do vidro ficam sem limpeza).

Fonte: Valeo

» Conhecendo as peças de um automóvel

COMPARTILHAR
VEJA TAMBÉM
Em meio a um cenário urbano movimentado, perigos muitas vezes invisíveis ameaçam a segurança dos pedestres: a distração causada pelo uso de fones de ouvido e celulares.
O trânsito não é feito de carros, caminhões, ônibus. Ele é feito de gente, como você!

Trânsito ideal é o trânsito mais educado!

O Trânsito Ideal é um projeto da Perkons S.A. para disseminar informações e conteúdos educativos. Confira dicas de comportamento, jogos para crianças, notícias interessantes e muito mais.

APOIAMOS